Violência psicológica fere tal qual as demais faces das agressões

  • Posted on fevereiro 12, 2012 at 11:51

Entre as diversas faces que a agressão pode apresentar, a violência psicológica tem sido uma das mais comuns e não menos devastadora em nossa sociedade. As palestras das escolas de todo o mundo começaram a abortar o Bullying e outros tópicos relacionados a este tema, que veio para somar juntos a assuntos como DST, a AIDS e as Drogas. Sabemos bem que esta geração de adolescentes possuem muita facilidade em receber e enviar informações em poucos segundos, sendo assim alguns tem usado este recurso para fomentar a violência psicológica via internet.

Enquanto as instituições de ensino trabalham por meio de palestras de conscientização às famílias, o mundo virtual promove a cada minuto novas maneiras de se aplicar a violência psicológica, onde a princípio parecem ameaças inocentes ou brincadeiras que aparentemente não levam a nada, mas que na realidade mais cedo ou mais tarde alguém sofre com elas. Aquele que agride costuma usar coisas comuns da vida do agredido, como a obesidade, a cor da pele, a estrutura anatômica de modo geral, bem como a personalidade mais calada.

A violência psicológica sempre existiu no ambiente de trabalho, ainda mais em uma sociedade capitalista onde muitos lutam por posições e outros torturam seu próximo para não perdê-las. Outra situação no ambiente de trabalho é direcionada ao público feminino que deseja inserir-se no mercado competitivo e são sufocadas por situações machistas e desleais, quer seja por parte de seus patrões ou por “companheiros de profissão”. Já não basta muitas das mulheres suportarem caladas seus maridos alcoólatras por anos na esperança de mudança e ainda enfrentam situações adversas no mercado de trabalho, como assédio sexual e outras humilhações.

Deixe uma resposta