Como combater as drogas na sociedade omissa em que vivemos?

  • Posted on novembro 14, 2011 at 19:32

Sem dúvida nenhuma todos nós conhecemos alguém ou alguma famíliaComo combater as drogas em nosso país que sofre em busca de métodos de como combater as drogas. Infelizmente esta é um dos grandes problemas que enfrentamos em nosso país, afinal com o pouco investimento por parte do governo em nossas fronteiras, facilmente as drogas encontram lugar, como ocorre na fronteira do Brasil com a Colômbia na região amazônica e também na divisa do Paraguai com o Paraná.

Mas não podemos esperar que a política do país e as autoridades de modo geral resolvam tudo isso, pois é necessário todos estar atentos e aprender como combater as drogas. Na realidade um dos grandes problemas que colabora para o crescimento de usuários de drogas, tem sido uma grande porcentagem de pais que pensam que o colégio é semelhante ao Vaticano, vai beatificar seus filhos, ou seja, torná-los santos. Os valores e conceito de respeito ao professor e as pessoas de modo geral, devem brotar do convívio familiar, bem como o desenvolvimento da confiança dos pais para o que for necessário.

A escola com certeza tem o seu o seu lugar nesta grande guerra contra as drogas, onde por meio da promoção de palestras de conscientização em parceria com as autoridades locais, filmes e documentáriosComo combater as drogas na escola relacionados ao tema. No entanto os pais precisam monitorar as escolhas dos amigos de seus filhos, os lugares onde eles freqüentam, como também com que falam na internet. Se tornou motivo de polêmica o documentário onde participam o ex-presidente da república Fernando Henrique Cardoso e o Doutor Drauzio Varella, onde os mesmo propõem métodos e idéias de como combater as drogas, com base em medidas tomadas por outras nações. Sabemos da necessidade de maior presença da polícia militar em frente aos estabelecimentos de ensino, mas não pode se repetir o que houve na USP, pois a polícia prendeu e interrogou usuários de drogas e se os mesmos não são traficantes, precisam entender que muitas famílias são destruídas por meio do financiamento deles aos traficantes, e os que “protestaram” se não devem não precisam se fazer de vítimas.

Deixe uma resposta