Como aceitar Jesus e ao mesmo tempo ser livre pra viver

  • Posted on maio 21, 2012 at 23:32

Vivemos em uma sociedade imediatista, onde tudo é muito rápido e passageiro, o que faz com que diminua o relacionamento pessoal com Deus e com as pessoas, pois a maioria das pessoas, já não dedicam o tempo essencial para isso. Sendo assim, precisamos pensar em como aceitar Jesus em nosso círculo social, isto é, não somente dizer que o conhece, mas incluí-lo em sua vida diária, fazer sua vontade.

Nem sempre queremos separar tempo para admirar ou falar sobre as coisas divinas, afinal, a internet e a tecnologia promovem a cada instante novos meios e atrações para prender nosso tempo e atenção que ficamos fascinados com ela. Quase ninguém sente mais vontade de contemplar as estrelas, o luar, o pôr do sol, as ondas do mar, o trinar das aves, etc. Contemplar a criação é um dos meios de como aceitar Jesus como Senhor de tudo, pois apesar de não compreender totalmente o meio em que vivemos, bem como nosso próprio corpo, é preciso refletir quão complexo e “perfeito” ele é.

Infelizmente a maior parte da população global não mostra interesse em como aceitar Jesus em seu modo de vida, quer seja por adotarem a tradicional religião de pais e avós, onde Jesus não é o personagem principal, ou quem sabe por não querer uma vida de compromisso com Deus, ter uma vida sem regras e princípios requeridos por Ele. Muitas pessoas dizem que os que escolhem dedicar momentos com Deus são escravos, pois não podem se divertir, vivem apenas para orar, se vestem como velhos e velhas, entre outras coisas. Mas quando analisamos estas palavras precisamos pensar nas seguintes questões: O viciado em drogas ou álcool é livre? Aquele que tem uma parceira em cada lugar que frequenta é livre de encontra-se com o marido de alguma delas ou de contrair DST? Ser livre é frequentar lugares onde “rola” sexo, drogas e música depravada? Isto é liberdade ou libertinagem? Pense nisto.

Deixe uma resposta