Estudo sobre o apocalipse com detalhes de grande riqueza para nós

  • Posted on fevereiro 12, 2012 at 12:42

Temos procurado através de uma seqüência de artigos aprofundar o estudo sobre o apocalipse e desmistificar a idéia equivocada que a maioria das pessoas tem sobre o livro do apocalipse. No e post anterior vimos que o escritor do apocalipse envia 7 cartas destinadas a sete regiões da Ásia Menor, sendo as cidades de Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodicéia. Nos livros proféticos como já citamos anteriormente, existem aplicações destinadas a situação em que os escritores estavam vivos, mas também aplicações relacionadas ao futuro, onde fatos históricos comprovam isto. Sendo assim cada mensagem enviadas para as cidades da Ásia Menor, representa um período em que a igreja passaria. Destinaremos um post separado só para este assunto, as sete igrejas.

Quando fazemos um estudo sobre o apocalipse de forma mais detalhada, vemos que a partir do capítulo 4, fica notório que o personagem mais adorado e falado deste livro é Deus, com destaque para Cristo exemplificado na figura do Cordeiro. No capítulo 6 começamos a notar que Deus realmente gosta do número 7, pois no apocalipse vemos 7 igrejas, 7 lâmpadas, 7 selos, 7 trombetas, 7 espíritos, 7 estrelas, 7 trovões, 7 pragas. Na realidade no final da criação, Deus abençoou e santificou o 7º dia, isto é o sábado, mostrando desde o velho testamento a sua preferência por este número.

Neste estudo sobre o apocalipse precisamos notar que ao mesmos seres viventes citados no primeiro capítulo do livro de Ezequiel, são mencionados na visão que João teve sobre o trono de Deus, onde se prostram diante do Altíssimo 24 anciãos, que segundo o escritor Roy Alan Anderson em sua obra “As revelações do Apocalipse”, “Esses homens, como sacerdotes foram escolhidos para representar todos os povos e nações do mundo”. Ele fala com base na morte de Cristo, onde é citado que muitos corpos dos santos que dormiam foram ressuscitados e após 40 dias da ressureição de Cristo subiram com ele ao céu, as passagens usadas para comprovar isto estão em Mateus 27 versos 52 e 53 e Efésios 4:8.

Deixe uma resposta