História de Sansão ensinou gerações passadas e continua mostrando o valor dos pais

  • Posted on abril 4, 2012 at 19:32

A história de Sansão pode ser vista como mitológica pela maioria das pessoas,historia de sansao e dalila principalmente quando se vê o que este personagem bíblico fez através da força concedida a ele. Mas além dos feitos sobrenaturais realizados por ele, podemos refletir no comportamento e nas escolhas feitas durante toda a vida de Sansão, de modo que podem ser aplicadas como lições para as gerações de adolescentes e jovens atualmente.

Na história de Sansão, vemos um jovem bastante aventureiro em vários aspectos, pois nos capítulos 14, 15 e 16 do livro de Juízes, é notório o desrespeito para com seus pais, afinal ele se afeiçoou a mulheres que não tinham os mesmos princípios religiosos que o seu povo, sendo automaticamente reprovado por seus pais. Antes mesmo de conhecer a mulher que serviria para a sua ruína, Dalila, ele dormiu em Gaza com uma prostituta, decepcionando novamente as expectativas de seus pais.

 

No capítulo 15, verso 5, vemos seu pai o questionando porque ele não escolheu uma mulher do seu povo ( afinal ele escolheu uma mulher que fazia parte dos inimigos de Israel, os filisteus). A resposta de Sansão foi “Tomai-me esta porque ela agrada aos meus olhos”. Atualmente não vemos mais os pais impondo aos filhos com quem eles devem casar, mas devido à experiência de vida eles podem aconselhar os filhos a pensarem bem em suas escolhas, para que não ocorra o que houve como na história de Sansão, pois as consequências de ignorar seus pais foram catastróficas. Sansão se entregou ao álcool, comprometendo seu pacto com Deus, deixando de ser o líder esperado por seu povo, como Débora e Gideão foram. Quando capturado os filisteus lhe arrancaram os olhos e o colocaram a trabalhar em um moinho na prisão. Foi concedido a ele a oportunidade de se redimir com seu Deus quando orou pedindo forças para derrubar o templo de Dagom, nesta feita o relato bíblico diz que ele matou mais homens do que em toda a sua vida.

Deixe uma resposta